Make your own free website on Tripod.com

A última morada de Garrett

logo.jpg

Esta página do Fórum Cidadania Lx é dedicada ao processo de demolição do nº 66-68 da Rua Saraiva de Carvalho, em Lisboa
 
 
 
 
Leia o nosso anúncio, procurando mecenas:

A DEMOLIÇÃO DA CASA GARRETT
cartoonruipimentelvisao.jpg
Cartoon de Rui Pimentel (Visão, 16 Março 2006)

jlpires.jpg

  
 
 

Leia a crónica de JACINTO LUCAS PIRES n' A CAPITAL

_________________
 
«Antes morrer de fome do que viver de vergonha»
 
Leia a nossa carta aberta:

___________________
 
 
«Património de Oitocentos uma herança mal amada»
 
(Um artigo de Maria João Pinto /DN)

__________________________

COMUNICADO #9

No seguimento de notícias vindas a público sobre eventuais negociações entre o proprietário do imóvel e as Vereações da Cultura e do Urbanismo da CML, com vista "a preservar-se a memória de Garrett" somos a comunicar o seguinte, enquanto autores da petição em prol da casa do escritor e dinamizadores da "Plataforma S.O.S. Casa Garrett":

1. Recusamos liminarmente soluções "à portuguesa", do tipo "Cinema Eden", em que só Lisboa ficou a perder. Ou bem que a casa vai abaixo, ou fica inteira e é recuperada, e os responsáveis por uma ou outra decisão sê-lo-ão perante a História.

2. Apelamos à CML que abra de imediato o processo de classificação da casa de Garrett como Imóvel de Interesse Concelhio, respeitando, aliás, a recomendação do IPPAR e a vontade expressa por mais de 2.300 cidadãos, aquando da petição, e por variadíssimas entidades e individualidades que já o fizeram publicamente.

3. Apelamos à CML que inicie negociações imediatas com o proprietário a fim de se obter uma permuta de local de construção, para que o projecto daquele não colida com o manifesto interesse público deste caso, aliás assim entendido em Agosto passado, pelo Senhor Presidente da CML.

Relembramos à CML que, sendo interpelada em reunião de executivo, a Srª Vereadora do Urbanismo declarou expressamente não saber qual o montante em causa, pelo que se conclui que nenhuma negociação com o proprietário foi sequer tentada ao longo dos 6 meses da suspensão da demolição.

4. Apelamos à CML para usar o instrumento "expropriação", caso seja preciso, que é usado pela CML frequentemente, até em ocasiões em que o conceito de interesse público é muito mais discutível (ex.Cinema Paris). Tal opção terá todo o acolhimento desta plataforma.

5. Enquanto "Plataforma S.O.S. Casa Garrett", colocamo-nos à disposição da CML para, uma vez decidida a recuperação da casa de Garrett como casa-museu do escritor, contibuirmos com o nosso total empenho e entusiasmo para que a sua exploração futura seja, não só um "case study", mas um caso de sucesso e um exemplo a seguir pelo país.

6. Agradecemos profundamente a eficiência, a entrega e a simpatia manifestadas pela Srª Presidente da AML que permitiu, claramente, que acontecessem novos desenvolvimentos.

(Lisboa, 12 de Janeiro de 2006)

_____________________

Petição entregue à CML, IPPAR e Instituto Camões, no dia 4 de Fevereiro de 2005

dn.jpg

_____________________

Outras Notícias Importantes:

A opinião dos especialistas

A história da compra da casa

Como os cidadãos venceram em 1971!

Quem é o culpado pela casa AG ter sido demolida?
Proprietário
Ministério Cultura/IPPAR
CML
Instituto Camões
Zé Povinho
Ninguém
Garrett
  
Free polls from Pollhost.com

foto1.jpg

Outros comunicados:

  
 

foto3.jpg

assinatura.jpg

Biografia de Garrett

Iconografia em Garrett

Info sobre AG (I.Camões)

___________
 
Documentos oficiais contraditórios:
 

 (4 de Agosto 2005)

(28 de Junho de 2005)

Recomendação IPPAR (parte1)

(21 de Abril de 2005)

(Abril de 2005)

(25 Março 2005)

(30 de Agosto de 2004)

foto2.jpg

Cidadania Lx (blogue)

email_017.gif